Amiguinhos Amados

terça-feira, 16 de abril de 2019

Bichinhos - Feliz Páscoa!

O ovo simboliza a nova vida e o coelho a fertilidade. É importante lembrar que esses símbolos não devem ser o foco da Páscoa, devem fazer-nos lembrar a ressurreição de Jesus, que nos deu uma nova vida e uma nova esperança.

Tenham todos uma
Feliz Páscoa!
Que o Coelhinho traga  muito mais que simples ovos de chocolate.
Que ele traga a todos muita Saúde, Amor, Felicidade, Compreensão e  Carinho.
É o que desejo aos queridos amigos e visitantes.
Um carinhoso abraço de
Verena.




segunda-feira, 8 de abril de 2019

Bichinhos - Os animais ensinam.

Os animais nos ensinam que é possível viver em paz sem violência, sem guerra e sem nada material.
Eles nos ensinam que a vida pode ser breve, mas especial a ponto de marcar alguém para sempre.
Nós temos muito a aprender com eles não o contrário. 


sexta-feira, 5 de abril de 2019

Bichinhos - Senta que lá vem história!

VERENA - Melanie e Tico eram inseparáveis. Um belo dia, porém, Melanie acordou e não  mais viu o seu amiguinho de quatro patas e aí (continuem a história)
ROSÉLIA - Melanie ficou tão desconsolada que olhou ao céu e pediu ao Papai do Céu para mandar uma estrelinha celeste para consolar seu 💙. Então...(continuem a história)
CHICA - Então ela resolveu fazer cartazes,colocou nas ruas e no grupo do Whatsapp com a foto dele, pedindo ajuda! Aí...(continuem a história)
CHICA - Então... para surpresa e alegria, o telefone toca.
VERENA - Era o vizinho informando que encontrou Tico, mas não sabia que era o cãozinho de Melanie.
A menina correu ao encontro do amiguinho e felizes, cão e menina, voltaram para casa e
viveram felizes para sempre.
F I M.
Obrigada, Rosélia e Chica que gentilmente participaram da brincadeira.
Até qualquer dia com novas aventuras por aqui.
 
 

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Bichinhos - ABRIL LARANJA

Estamos no Abril Laranja, um movimento para prevenção da crueldade contra os animais. O mês desta luta foi escolhido pela Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais (ASPCA). A campanha possui um laço laranja como logomarca que remete a movimentos humanitários diversos, como é o caso do combate ao câncer de mama, por exemplo, que utiliza o mesmo laço, mas na cor rosa.
Maltratar animais é crime previsto em lei. Em Extrema, a medida que protege os animais é a Lei Municipal nº. 3.091/13. No Brasil, temos o Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais). E, em Minas Gerais, a Lei 22.231/16 foi regulamentada pelo governo estadual em dezembro de 2017.
A legislação estadual pune com multa de até R$ 3.000,00 quem comete maus-tratos contra animais. A infração à norma pode resultar até mesmo em prisão. A lei ainda estabelece quais são os crimes, e o abandono é um deles. A lista também conta com o fato de deixar de sacrificar o animal quando a eutanásia for recomendada por médico veterinário para evitar seu sofrimento, entre outras situações enquadradas em maus-tratos – ler trecho da medida, disponível no final do texto, que define quais atos são considerados maus-tratos. A medida retirou a prestação de serviço de guarda, segurança ou vigilância da lista de crueldades.
Também é visto como maus-tratos obrigar o bichinho a realizar trabalho excessivo, utilizá-lo em lutas, promover distúrbio psicológico e envenenar o animal, mesmo que a ação não resulte em morte.
Agora, quem maltratar animais em Minas pode receber multa de R$ 900,00. Caso o ato cruel cause lesão no bichinho, o valor aumenta para R$ 1.500,00. Já em caso de morte, o agressor será multado em R$ 3.000,00. Ainda de acordo com a lei, as despesas com o tratamento do animal devem ser pagas pelo infrator. Além disso, os valores podem ficar mais salgados, aumentando em até 1/6 quando o crime for direcionado a mais de uma vítima.
Segundo a regra, todos estão sujeitos à punição: pessoas físicas e jurídicas, detentores de função pública civil ou militar e quaisquer organizações ou empresas de Minas Gerais. Vale ressaltar que qualquer cidadão do Brasil pode denunciar maus-tratos contra animais, basta procurar a polícia e registrar Boletim de Ocorrência (BO) ou ligar 181 – Disque-Denúncia.
Acompanhe o trecho da Lei 22.231 que define quais atos são considerados maus-tratos:
Art. 1º. São considerados maus-tratos contra animais quaisquer ações ou omissões que atentem contra a saúde ou a integridade física ou mental de animal, notadamente:
I – privar o animal das suas necessidades básicas;
II – lesar ou agredir o animal, causando-lhe sofrimento, dano físico ou morte, salvo nas situações admitidas pela legislação vigente;
III – abandonar o animal;
IV – obrigar o animal a realizar trabalho excessivo ou superior às suas forças ou submetê-lo a condições ou tratamentos que resultem em sofrimento;
V – criar, manter ou expor animal em recinto desprovido de segurança, limpeza e desinfecção;
VI – utilizar animal em confronto ou luta, entre animais da mesma espécie ou de espécies diferentes;
VII – provocar envenenamento em animal que resulte ou não em morte;
VIII – deixar de propiciar morte rápida e indolor a animal cuja eutanásia seja necessária e recomendada por médico veterinário;
IX – abusar sexualmente de animal;
X – promover distúrbio psicológico e comportamental em animal;
XI – outras ações ou omissões atestadas por médico veterinário.
Fonte: Google

quarta-feira, 27 de março de 2019

sábado, 23 de março de 2019

Bichinhos - Oração de um cavalo.




Senhor, estou começando mais um dia. Mais uma etapa de serviço.

Ainda é madrugada. Meu "dono" já vem me buscar para colocar-me atrelado na carroça.

Eu olho a minha vestimenta a qual os outros chamam de encilha.

Meu "dono" coloca-a, cheia de pregos e arames, em meu copo.

Me machuca, mas eu não reclamo.

Saio para trabalhar, mas o trajeto é longo, e eu canso.

Aí meu "dono" começa a me bater. Sinto dor, a cada batida dói mais um pouco. Não resisto, vou diminuindo mais e mais o meu passo. E vou apanhando mais e mais. A dor aumenta.

E meu dia vai passando.

Quando anoitece fico feliz, pois está chegando a hora do descanso. Mas que nada; meu "dono" resolve para em um bar. Encontra alguns amigos e fica bebendo até de madrugada. E eu cansado, tenho sede, tenho fome, continuo para esperando. As vezes mal aguento parar em pé.

E quando ele sai, penso que vou para casa. Mas que nada, meu "dono" resolve apostar uma corrida para mostrar como eu sou bom. Mas ele não sabe que eu não aguento mais. Ele não quer ser desmentido, me faz correr e me bate. Corro para não apanhar mais. Meu corpo já está todo dororido e cada vez que ele chacoalha as argolas sinto medo pois sei que ele vai me bater no mesmo lugar, que já está em carne viva.

Muitas vezes caio de cansaço e ele me levanta a pancadas. Quando chego em casa ele me solta em um campo com um mato seco e com um balde de água suja, mas não sinto vontade de comer ou beber. Estou dororido demais. Tento dormir, mas também não consigo. A dor é grande, fico implorando à Deus para que as horas não passem. Mas não adiandta, o dia amanhece e começa tudo novamente.

Não reclamo. Não que eu não queira. Mas eu não sei falar, sou APENAS um Cavalo.

Autor Desconhecido

quarta-feira, 20 de março de 2019

Bichinhos - É apenas um cão!!!

Apenas um cão
De vez em quando escuto alguém me dizer: “Pára com isso! É apenas um cão!!!” Ou então, “Mas é muito dinheiro pra se gastar com ele! É apenas um cão!”. Estas pessoas não sabem do caminho percorrido, do tempo gasto ou dos custos que significam “apenas um cão”.
Muitos dos meus melhores momentos me foram trazidos por “apenas um cão”. Por muitas horas em minha vida, minha única companhia era “apenas um cão”. E eu não me senti desprezado.
Muitas de minhas tristezas foram amenizadas por “apenas um cão”. E naqueles dias sombrios, o toque gentil de “apenas um cão” me deu conforto e motivo para seguir em frente.
E se você também é daqueles que pensam que ele é “apenas um cão”, com certeza deve entender bem expressões como “apenas um amigo”, “apenas um nascer de sol”, “apenas uma promessa".
“Apenas um cão” deu à minha vida a verdadeira essência da amizade, da confiança, da pura e irrestrita felicidade.
“Apenas um cão” faz aflorar a compaixão e a paciência que fazem de mim uma pessoa melhor.
Por causa de “apenas eu cão”, eu me levanto cedo, faço caminhadas e olho com mais amor para o futuro. Porque pra mim - e para as pessoas como eu - não se trata de “apenas um cão”, mas da incorporação de todos os sonhos e esperanças do futuro; das lembranças afetuosas do passado;
da pura felicidade do momento presente.
“Apenas um cão” faz brotar o que há de bom em mim e dissolve meus pensamentos e as preocupações do meu dia. Eu espero que, algum dia, as pessoas entendam que não é “apenas um cão”, mas aquilo que me torna mais humano e me permite não ser “apenas um homem”...
Então, da próxima vez em que você escutar a frase “É apenas um cão”, apenas sorria para estas pessoas porque elas apenas não entendem...
Richard Biby