Amiguinhos Amados

segunda-feira, 22 de março de 2010

Bichinhos - Gatinhos são traiçoeiros?

Xixo diz:
Ser traiçoeiro é ter a capacidade de enganar um ser vivo para prejudicá-lo. Necessita de planejamento e más intenções. É uma característica unicamente humana, já que em nenhum outro animal evoluíram tais características tão complexas e que lhes seriam inúteis.

Gatos não planejam ações, nem mesmo a própria caça. Eles agem de acordo com suas vontades e instintos, porém, são capazes de aprender a não expressar determinado comportamento (como, por exemplo, não morder pessoas). Diversos experimentos em biologia e psicologia demonstram isso.

Acredito que esse mito de gato ser traiçoeiro surgiu devido ao fato de gatos não muito domesticados morderem as pessoas enquanto elas os acariciam. Isso acontece porque gatos mais selvagens (como os de rua) são bastante intolerantes a longas carícias. Um carinho breve pode ser agradável, mas quando o limite de tolerância do bichinho é atingido, esses animais costumam demonstrar insatisfação mordendo. Na verdade, muitos sacodem a calda e abaixam as orelhas antes de morder, porém, não é todo mundo que sabe que isso é um aviso que o gato está ficando irritado.
Costuma-se também dizer que os gatos são mais apegados à casa do que aos donos, ao contrário dos cães. Curiosamente ninguém parece perceber que isso decorre apenas do simples fato de que é quase impossível prender um gato dentro de casa. Eles saem com facilidade, e voltam. Já os pobres cães são fáceis de serem aprisionados e mantidos cativos num local.

5 comentários:

  1. Eu gosto dos 2...Já tive 9 gatos, quando morava numa casa.Agora, só a Cuca!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Minha avó tinha gatinhos e cachorros. Todos se davam super bem! Inclusive tivemos que providenciar uma "cama" bem grande para eles dormirem juntos!! Um cuidava do outro!!
    Beijinhos,
    Regina

    ResponderExcluir
  3. Minha mãe tem vivido no meio da Gatolândia! São 4 adultos, 4 adolescentes e 5 bebês (por enquanto...). Os bebês, a dona deles resolveu aceitar de volta. Até que eles aprendam a pular pelo muro e irem para a Gatolândia. Eu afofo, abraço, beijo e morro de vontade de trazer uns dois pra casa. Mas... não dá! Preciso ser racional!!! Mas são lindos!
    Bjkas, amiiiiga!

    ResponderExcluir
  4. Bonito seu blogue e gostei do texto sobre gatos. Tenho um e acho-o inteligente e amoroso.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Meu pai sempre foi contra essa idéia. Sempre dizia que traiçoeiros, eram os humanos...

    ResponderExcluir

Volte Sempre
Lambeijos e Ronrons
Pepi,Xixo,Juja e Jujuba