Amiguinhos Amados


Para Interagir Conosco, Clique Na Imagem.

domingo, 23 de maio de 2010

Bichinhos - "Mordidinhas" em troca de carinho!!!


Olá miaumiguinhos,
“Meu mãe” anda triste comigo ultimamente, pois eu ando dando umas mordidinhas.
Por favor, mãe, não fique triste, pois miaudolo todos vocês.
Leia o “meu” post, assim você, com certeza, vai entender o meu “comportamento” um pouco melhor.
Há gatos que agem assim: Ao dormir ou simplesmente num estado de repouso ao nosso lado começamos a afagá-lo, sem mais nem menos o bichinho começa a te morder e, por vezes pode até te machucar. Porém não devemos agredir o gato, é nosso dever procurar entender o motivo de comportamentos dessa natureza.
Segundo o Manual de Gatos de Bruce Fogle, essas mordidas ocorrem porque o gato não sabe "o que sentir" quando você o acaricia.
Há uma certa confusão na cabeça do gato, pois as brincadeiras e carinhos o lembram de coisas agradáveis da infância como lambidas da mãe, por outro lado, vários gatos depois do desmame não se encostam, exceto em momentos de luta ou ato sexual (claro que não são todos assim, varia muito do temperamento, tempo que passou com a mãe, raça, etc). Nessa "salada" de instinto e sentimentos os felinos acabam sentindo um certo desconforto e reagem dessa forma.
Alguns se limitam a dar mordidinhas leves, outros já são um pouco mais agressivos com as mãos da pessoa que está acariciando, podendo até fincar-lhe os dentes.
Reagir com certa agressividade é uma forma que alguns gatos encontram para dizer que gostam de controlar a situação. Por exemplo: Podem gostar de estar ao seu lado ou no seu colo, mas apenas isso, preferem não ser acariciados.
Trata-se na verdade de um conflito primitivo que poderá ser um pouco difícil de administrar sem romper a relação que ele tem com você, mas alguma coisa deve ser feita.
Algo que costuma funcionar e de forma simples, é dizer um firme "NÃO" e parar com o afago ou brincadeira no mesmo momento. Deixar o gato de lado e não dar mais bola pra ele. O bichinho pode querer continuar a "brincadeira" de morder, mas é importante se manter firme. Seja persistente! Pode levar algum tempo até ele aprender.
Outra coisa é procurar evitar brincadeiras com as mãos, mesmo que perceba que ele não está sendo agressivo. Use sempre algum brinquedo ou objeto (que não machuque o gato, é claro), assim ele irá associar melhor a idéia de que não deve arranhar ou morder a mão das pessoas nos momentos em que ele estiver numa situação mais "tensa".
Agressividade re-direcionada: Muito ocasionalmente, os gatos podem agir com agressividade sem razão aparente, "atacando" seus donos quando estes passam por ele ou tentam ter acesso a um parte específica da casa. Isso é mais comum em gatos que não têm com quem brincar e extravasar suas energias. Gatos que vivem com outros não têm esse problema.
Gatos fazem parte de um grupo de animais denominado "predadores". Se fizéssemos uma planta da estrutura básica de um gato, viríamos que entre ele e um tigre, a única coisa que difere é o tamanho. Felinos são máquinas de caçar perfeitas. Por isso, mesmo doméstico, o instinto de caça deles é muito apurado.
A percepção de movimento é um componente muito importante na técnica de caça do gato, seus olhos e ouvidos estão bem preparados para captar movimentos. Quanto mais rápido o movimento, mais o instinto de caça é estimulado.
Para melhorar esse tipo de comportamento, o ideal é fazer com que seu gato gaste suas energias com brinquedos próprios para gatos, lugares para escalar, brincando de esconder petiscos para ele encontrar, etc.
"Meu Mãe" procure seguir estas "regrinhas" e eu prometo que não vou fazer "feio" novamente.
Te miaudolo
Ronrons do
XIXO

6 comentários:

  1. Boas dicas e sei que eles nos arranham mesmo, brincando...beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Agora sim Xixo! Nossa mãe explicou o porquê dos milhões de arranhões q vc me dá nos btaços, pernas, mãos.... rsssss
    Vou procurar me policiar p não te fazer carinho qdo vc não quiser...
    Mas sabe... às vezes´fica difícil resistir aos seus olhos azuis de galã de comercial da Wiskas!! :)
    Te adoro!!!

    ResponderExcluir
  3. É melhor tomar cuidado com estes "momentos delicados", mas é difícil resistir ao seu chame!! O que fazer? Não tem jeito! Vão "rolar" algumas mordidinhas... (rs, rs, rs...)
    Beijinhos e afagos carinhosos e cuidadosos (sou sua amiguinha, tá?)
    Regina

    ResponderExcluir
  4. Recadinho para a turminha: falem para a mamãe mandar! Vou me divertir!!! O autor intelectual pode ser o Pepi e o artista o Xixo. O que vocês acham da ideia??
    Beijinhos e afagos (muitos)
    Regina

    ResponderExcluir
  5. É isso aí, temos que entender os bichinhos. A foto está linda!
    Boa semana

    ResponderExcluir
  6. Xixo, tadinho, deve ser tão difícil não poder se explicar por palavras, apenas por seus gestos, que muitas vezes não conseguimos interpretar direito.
    Para tudo existe um remédio, o Amor, que tudo cura, que tudo entende, que tudo compreende.
    Um pouquinho de paciência também vai ajudar, né!
    Bjão, querido, que suas crises de mordidinhas passem logo.

    ResponderExcluir

Volte Sempre
Lambeijos e Ronrons
Pepi,Xixo,Juja e Jujuba