Amiguinhos Amados


Para Interagir Conosco, Clique Na Imagem.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Bichinhos - XÔ, PULGAS!!!

São raros os donos de cães ou gatos que já não tenham enfrentado uma infestação de pulgas em seus animais. E como é difícil acabar com elas... As pulgas se reproduzem com uma velocidade e facilidade incríveis e, se a infestação não for combatida logo no início, o problema toma proporções assustadoras. Mas, para combatermos essa pequena praga doméstica, temos que entender bem como elas vivem e se reproduzem, para que os métodos corretos de extermínio sejam usados. Sem esse conhecimento, há pessoas que chegam a intoxicar seu cão ou gato com produtos inseticidas, mas as pulgas continuam lá...
E como um cão que pega uma pulga na rua pode chegar a ter "1 milhão" delas em pouco tempo?
Os cães se infestam de pulgas nas ruas. Mas esta, normalmente, é uma infestação pequena. Essas pulgas são levadas para casa e lá elas vão encontrar muitos locais para fazer a desova (postura dos ovos). É importante saber que as pulgas põem seus ovos no ambiente e é este o responsável pelas grandes infestações de pulgas nos animais. A pulga apenas se alimenta no cão ou no gato sugando seu sangue. No ambiente ela coloca os seus ovos. Na presença de calor e umidade (nas estações mais quentes, principalmente) os ovos eclodem, viram larvas que se alimentam de poeira e detritos; as larvas viram adultos, que atacam os animais em busca de alimento. Assim, o pobre animal é apenas o culpado indireto por uma grande infestação de pulgas. Seu erro foi trazer a pulga para casa. O ambiente é o responsável por "produzir" aquelas milhares de pulgas que tiram o sossego dos cães e gatos e de seus donos.
Sabendo disso, concluímos que tratar apenas o animal (cão ou gato) numa grande infestação é um erro. Você vai estar matando algumas pulgas. A maior quantidade delas está nas frestas do piso, pilhas de papéis, tapetes e carpetes, na forma de ovos, larvas ou pulgas adultas.
Mas como a casa ficou infestada de pulgas e eu não senti nenhuma picada?
A pulga é espécie-específica, ou seja, existem pulgas que atacam humanos e outras que picam animais. A pulga de cães e gatos não vai atacar as pessoas enquanto ela tiver disponível uma fonte de alimento. Assim, quem sofre é o animal. E o processo é tão rápido que, quando você olha o cão ou gato por ele estar se coçando muito, dezenas de pulgas já podem ser vistas, principalmente na região do abdomen (barriga) e em volta do ânus e cauda. Grandes infestações de pulga no ambiente fazem com que elas, na ausência de alimento suficiente, passem a picar também as pessoas da casa.
Resumindo, como as pulgas só atacam os animais, o problema passa desapercebido e, quando é descoberto, já tomou grandes proporções com a infestação do ambiente.
E como eu vou acabar com essa "praga"?
Já vimos que o problema não é apenas o cão ou o gato.Para avaliarmos a extensão da infestação, faça um teste simples. Dê um banho anti-pulgas no seu animal e procure certificar-se que foram mortas praticamente todas as pulgas. Após secá-lo bem, solte-o na casa, mas não o leve para a rua. Uma hora mais tarde, verifique se o seu cão está com pulgas. Considere:
- uma ou duas pulgas foram encontradas : seu cão tinha uma pequena infestação e, provavelmete, pegou num passeio. Neste caso, o ambiente ainda não está infestado.
- várias pulgas foram encontradas : sua casa possui um ou mais focos de pulga. O ambiente tem que ser tratado, assim como o cão ou o gato
Sabendo agora o nível de infestação do cão   ou o gato e da casa, tomamos as medidas necessárias.
Na casa : dedetização, 2 aplicações com intervalos de 3 a 4 semanas, ou uso semanal, no ambiente, de produtos anti-pulgas da linha veterinária (consulte o seu veterinário), até acabar com a infestação.
Cuide do seu bichinho e mantenha-o livre de pulgas. Lembre-se que:
QUEM AMA CUIDA!!!
Lambeijos e Ronrons
Pepi e Xixo

10 comentários:

  1. E temos que cuidar mesmo pois não dá pra imaginar pulgas em casa...Só de pensar me coço...beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Ótimas dicas!! Aqui nunca tivemos esses problemas, mas é importante ficar de olho!
    Beijos amigos!!

    ResponderExcluir
  3. Queridos aumiguinhos, obrigada pelo carinho deixado lá no blog, amamos as suas visitas.
    Aqui em casa conseguimos acabar com esses problemas de pulgas já há mais de 6 anos, usando um frontline "genérico" que o tio Dudu indicou a eles, nem a Lara que fica no quintal tem mais desses horrores.
    Eu sou alérgica e uma pulga em casa faz um estrago não só nos meninos, comotambém me dá febre... affff....
    Beijos, queridos, tenham lindos dias!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Problema sério ! Já tive que gastar muito com remédios para pulgas, agora uso produtos naturais e até que dá certo, mas em compensação as formigas...
    Xixo, toma cuidado que as priminhas estão querendo invadir seu blog, já estão até tomando conta das fotos...
    Boa semana pra vocês !
    Lambidas da Rutha e cia

    ResponderExcluir
  5. Pulga não é brincadeira.
    Meus cães que ficam soltos no quintal lá em Castro-Pr, já tiveram um infestação. Foi preciso muito tempo para acabar. Agora tomamos todo cuidado possível.

    Obrigada Verena pelo carinho.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  6. Verena,é verdade amiga!Uma pulguinha pode virar um problemão se não cuidar logo!Artigo muito esclarecedor!Lambeijos e rons rons!

    ResponderExcluir
  7. Xô pulguinha!!..hahaha

    Beijinhos e miadinhos da Nikita:)

    ResponderExcluir
  8. Amiga querida e bichinhos amados!
    Esse assunto é muito sério mesmo.
    Elas atordoam os nossos queridos!
    Beijos e lambeijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá adorei seu blog, estou te seguindo okay..
    Um grande beijo Juliane

    bugigangasdaju.blogspot.com

    fumacaparasempre.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oie obrigada pelo lindo texto e pela força!
    é mto dificil perder um animalzinho que era como um filho! Um grande beijo no coração!

    Juliane

    ResponderExcluir

Volte Sempre
Lambeijos e Ronrons
Pepi,Xixo,Juja e Jujuba