Amiguinhos Amados


Para Interagir Conosco, Clique Na Imagem.

sábado, 4 de junho de 2011

Bichinhos "Estrelinha" Pepi!!

Aumiguinhos amados,
Para quem não me conhece ainda, Eu sou o Pepi
Me lembro quando Karol, tia Marlí, e "meu mãe", foram me buscar em Jacarepaguá(Rio), naquela tarde de 4 de Janeiro 1998. Eu estava todo maltratado.... Aos poucos fui  ficando lindo. Era o "grude" do "meu mãe"!!!!Eu logo me tornei parte da "família". Passamos anos felizes juntos. Depois  fui  ficando velhinho. Veio a diabetes. Todo dia tomava aquela maldita "espetada". Fui ficando magrinho e sem forças para andar. Foi horrível!!! Um sofrimento para mim. Até que no dia 9 de janeiro de 2008 parti para a ponte do "Arco-Iris". Sinto muito sua falta, "meu mãe", mas aqui não há  sofrimento e um dia iremos nos encontrar novamente. Aí sim, nunca mais vamos nos separar!!!!
A minha passagem aqui pela terra, foi muito curta mas  suficiente para Eu aprender a te amar muito, "meu mãe"
Todo dia o meu café da manhã era uma suculenta "nana"(banana) que eu devorava com muito prazer
Aliás, eu comia de tudo: adorava sopa de legumes, cenoura crua, creme de abacate.Não gostava muito da minha ração, e "meu mãe" ficava preocupada
Todos os dias, depois do "meu café da manhã" "meu mãe" se arrumava e, então
Saíamos para o meu "passeia"...
Eu era muito conhecido aqui no bairro e  abanava o meu rabinho para aqueles que vinham me fazer afagos
Novamente em casa, eu brincava  de "segue mãe"... eu era muito bom nisso
Para onde "meu mãe" ía, eu a seguia...
Á noite, eu dormia "no meu cama" que ficava debaixo "do cama" dela
Era uma farra sóh, e ai de quem entrasse no "nosso quarto" para nos perturbar...
Eu tinha varios brinquedinhos, os meus preferidos eram meu "milho" e minha "estrelinha verde"
Uma vez por semana "meu mãe" me levava para tomar banho...eu detestava
Aquela "gravatinha" que colocavam em mim, me chateava e eu  ficava aliviado quando a tiravam...
Odiava quando era levado para ser tosado...ainda bem que "meu mãe" permanecia ao meu lado o tempo todo
Bem, aumiguinhos espero que tenham gostado da minha histórinha
Deixo muitos lambeijinhos a todos vocês e quero dizer ainda, que aqui brinco muito com meus aumiguinhos e
miaumiguinhos, que viraram "estrelinhas" iguais a mim
Um lambeijinho para você "meu mãe" e lembre-se
Um dia iremos nos encontrar novamente e então,
Nunca mais vamos nos separar!!!
PePi

14 comentários:

  1. Pepi, que vidinha feliz você teve ! A Luna também segue a mamãe pela casa, também passeia pelo bairro todos os dias e também é conhecida por onde anda. Um dia todos nós iremos nos encontrar, eu mesma tenho saudades do meu netinho Martim, eu gostava muito de dar lambidas naquela carinha gordinha dele !
    Ótimo domingo pra vocês !
    Lambidas da Rutha

    ResponderExcluir
  2. Linda tua história, cheia de tanto carinho e amor por aqui nesse tua família linda! Adorei!

    beijos,lindo domingo,chica

    ResponderExcluir
  3. quizá si sea cierto, que un día todos nos volvamos a encontrar,
    besitos y buen domingo

    ResponderExcluir
  4. Esse foi um post muito bom Pepi, todos nós perca você também!

    ResponderExcluir
  5. Pepi querido, que felicidade foi a sua ter encontrado essa mãe, hein? E que alegria a dela ter tido você a seguindo por todos os lados. Vocês são assim, companhia desinteressada e amor eterno.

    Beijos, Néia

    ResponderExcluir
  6. Karoline Cabral13:39:00

    Meu Blablish querido! Que saudades de você! Você e o Bruno são os cachorros mais amados do planeta! Guardamos até hoje os seus brinquedos preferidos no "Museu do Blablish", uma forma de lembrarmos sempre de você. Se cuida ai! Beijão

    ResponderExcluir
  7. Oi Verena querida.....

    Amamos a vidinha do seu Pepinho....
    Que saudades né??

    Beijinho no seu coração,

    Ana e Scully

    ResponderExcluir
  8. Ola Pepi querido ,que bonita a tua estoria voce foi muito sortudo em ter recebido tanto amor.
    espero que voce brinque bastante por ahi....
    Woof, woof,

    Chicco

    ResponderExcluir
  9. Roberta Cabral16:39:00

    Meu querido Pepi, também chamado de Bapshi, pelo nosso mãe,
    Que saudades que eu tenho de quando eu pegava a coleira e você abanava o rabinho, pois sabia qeu era a hora do "passeia" no quarteirão!
    Mesmo Estrelinha ,sei que você continua companheiro. Até enviou um gato cahmado Xixo, para cuidar da gente, mas no funo no fundo O Xixo sá pensa na Kikinha... hehehe
    Cuida bem de todos aí!
    Bj grande da sua irmã mais velha.

    ResponderExcluir
  10. Pepi sua passagem pela terra foi emocionante uma história muito linda de verdadeiro amor .....
    Você agora é um anjinho mas que não impede a sua mãe de te amar ainda mais ao ponto de fazer um bloguinho muito lindo para você meu amiguinho ....
    Lambeiinhos

    ResponderExcluir
  11. Que história mais linda a sua Pepi! Uma história cheia de amor e carinho e é isso que vale na vida.
    beijinhos e até um dia.

    ResponderExcluir
  12. linda história mesmo! todos nós nos encontraremos com os nossos queridos que se foram porque nosso sofrimento e vida material são passageiros!!!!!!
    beijosss

    ResponderExcluir
  13. É Verena querida, somente quem ama um bichinho sabe da dor da saudade que nos arrebenta por dentro! Eita saudade que nos judia! Mas nos agarremos na certeza de um dia nos reencontrarmos todos em nosso verdadeiro lar. Pois todos nós passaremos, esta é a lei da vida!
    Beijos querida, muitos carinhos no seu coração, Toca dos Gatos.

    ResponderExcluir
  14. Pepi,que linda e emocionante sua história!Chorei de emoção,pensando em vc com saudade,mesmo sem te-lo conhecido!A Mel deve estar brincando com vc tb por aí...rsss...lambeijos com carinho!

    ResponderExcluir

Volte Sempre
Lambeijos e Ronrons
Pepi,Xixo,Juja e Jujuba