Amiguinhos Amados

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Bichinhos - Como fazer um gato se dar bem com outro...

Muitos são os casos em que o dono de um gato(a) resolve adotar outro gato, seja fêmea ou macho e tem problemas com adaptação de um gato com o outro que já estava na sua casa, aqui você encontra tudo sobre o que fazer nesses casos e como conseguir que no começo, um gato se dê bem com o outro.
A apresentação é muito importante. Para os felinos, as primeiras impressões são as que ficam. Na vida ao ar livre gatos tomam muito cuidado para prevenir encontros casuais com outros gatos através do comportamento de demarcação de território pelo cheiro. Ao sentir o cheiro das áreas demarcadas, os gatos podem dizer quem esteve naquele lugar por último, e até a que horas. O território pode então ser usado por diferentes e em diferentes horários do dia - é a versão felina de um compartilhamento de tempo. Para poder acostumar seu gato à idéia de dividir o território com outro felino é preciso que seja feita uma apresentação gradual.
Com algumas dicas, tempo e paciencia você poderá ser recompensado com anos de um harmonioso companheirismo felino.

- Deixe o novo gato em um aposento só para ele por alguns dias.

- Troque o cobertorzinho ou algo que tenha o cheiro do gato novo com o do gato residente, assim os dois vão se conhecer por olfato antes de poderem se ver.

- Após fazer isso, troque os gatos de aposentos, deixando que o gato novo explore a casa, enquanto o gato residente explora o aposento do novo gato.

- Depois que os dois gatos estiverem  à vontade com essa etapa, abra um pouquinho a porta do aposento do novo gato, de modo que eles possam se ver, mas não possam abrir a porta completamente.

- Dê aos gatos dos dois lados da porta uma comidinha gostosa , coloque também dois brinquedos pequenos amarrados por um barbante comprido passado por baixo da porta, eles encorajarão uma brincadeira paralela.

- Quando os dois gatos estiverem calmos com a presença um do outro está na hora de deixar que o gato novo saia por alguns minutos, aumente a duração das visitas dia a dia.

- A apresentação de dois adultos deve ser feita com bastante delicadeza.

-  Todo esse processo pode demorar alguns dias ou meses, dependendo da personalidade dos gatos. Normalmente o tempo é menor quando um dos gatos tem menos de 4 meses de idade.

- durante todo o processo de apresentação fale calmamente e em voz baixa com os gatos. Elogie-os generosamente quando eles demonstrarem tolerância com a presença do outro gato. Nunca repreenda ou use um tom de voz severo quando eles estiverem juntos, ou eles irão associar coisas ruins com a presença do outro. Dê atenção especial ao gato residente, uma vez que é o território dele que está sendo invadido, e muito provavelmente será esse velho amigo que precisará ser mais tranqüilizado. Até que eles se tornem amigos, dê atenção ao novo gato somente quando o gato residente não estiver por perto.

- Se em algum momento os gatos se tornarem receosos ou hostis, coloque novamente o recém-chegado de volta ao seu aposento e feche a porta. Um pequeno revés não arruinará essa amizade florescente, porém um encontro muito agressivo será lembrado por um longo tempo e que deve ser evitado a todo custo. SEMPRE QUE VOCÊ SE DEPARAR COM ALGUM PROBLEMA, VOLTE UM ESTÁGIO no processo e então CUIDADOSAMENTE siga adiante novamente. VOCÊ é a ÚNICA pessoa que pode determinar o ritmo no processo de  apresentação. O tempo que você irá passar fazendo com que seus gatos gradualmente se acostumem um ao outro irá valer muito a pena, pois anos e anos você será recompensado com um harmonioso companheirismo felino.
Fonte: REVISTA GATOS E CIA
 

10 comentários:

  1. todo muy buenos consejos, en realidad resulta en general muy fácil que se adapten, aunque imagino que siempre puede haber alguna excepción,
    un abrazo !

    ResponderExcluir
  2. Puxa,que dica legal!Eu fiz tudo errado por aqui,mas deu certo por pura sorte,apesar que a Fadinha morre de ciumes do Mozart!...rss...adorei o texto e, da próxima vez, seguirei esses passos!Lambeijos e rons rons da tia Anne,Fadinha e Mozart!

    ResponderExcluir
  3. mt legal...a Malú amou a ultima foto e até perguntou será q são irmãos dela..?!rsrsrs.....bjs Mari

    ResponderExcluir
  4. Estava justamente pensando no assunto, que deve ser o tema da minha próxima postagem.
    Vocês acreditam que o Rey Galã e o Sebastian se deram bem desde o início, mas de uns meses pra cá um não pode ver o outro.
    Estão tendo brigas horríveis...
    Não sei o que aconteceu!
    Ciúme tardio?
    Não sei...
    Disputa de território?
    Os dois são castrados...
    Enfim, um mistério.

    Beijos,
    Diulara e família felina

    ResponderExcluir
  5. Boa dica.
    Aqui a casa é pequena, dois gatos é inviável.
    Beijinho...

    ResponderExcluir
  6. O negócio, realmente, é bravo! O ciume é grande, mas sempre se dá um jeito! Bjs.

    ResponderExcluir
  7. É engraçado isso, pois é meio imprevisivel, acho que rola empatia. Aqui em casa o Shake já tinha recebido a visita da Juju durante uns dias e amou. Quando ela foi embora pensei em adotar uma gatinha e surgiu a Tixa ele odiou, ficou ciumento, deprimido e nào queria pap. Demorou mais de 1 mês para ficarem amigos. Agora recebemos a Menina para passar uns dias aqui em casa e ele aceitou numa boa, alias foi o que melhor aceitou. Vai entender!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu não sei, não ! A Pink é minha filha mas ela me irrita às vezes ! Ainda bem que a casa é grande e cada uma fica no seu canto, tem dias que comemos juntas e até dou uma lambidinha nela, vou pedir pra mamãe filmar ! Eu ouvi dizer que uma gata fêmea vive melhor com um gato macho mas parece que é um mito (e o Shake ficou com ciúmes da Tixa !) Acho que só os cães gostam de viver em grupos...os gatos preferem ser solitários.
    Lambidas da Rutha

    ResponderExcluir
  9. adorei! estou adotando mais 2 gatinhos! otimas dicas!! vou usa-las^^

    ResponderExcluir
  10. É muito importante ter esses cuidados para que o gatinho se sinta feliz e tranquilo.
    Beijocas, minha amada!

    ResponderExcluir

Volte Sempre
Lambeijos e Ronrons
Pepi,Xixo,Juja e Jujuba