Amiguinhos Amados


Para Interagir Conosco, Clique Na Imagem.

sábado, 28 de dezembro de 2013

Bichinhos - Feliz Ano Novo!!!!!

Amiguinhos amados,
Dentro de alguns dias, um Ano Novo vai chegar a estação.
Se não puder ser o maquinista, seja o seu mais divertido passageiro.
Procure um lugar próximo à janela desfrute cada uma das paisagens que o tempo lhe oferecer, com o prazer de quem realiza a primeira viagem.
Não se assuste com os abismos, nem com as curvas que não lhe deixam ver os caminhos que estão por vir.
Procure curtir a viagem da vida, observando cada arbusto, cada riacho, beirais de estrada e tons mutantes de paisagem.
Desdobre o mapa e planeje roteiros.
Preste atenção em cada ponto de parada, e fique atento ao apito da partida.
E quando decidir descer na estação onde a esperança lhe acenou não hesite.
Desembarque nela os seus sonhos...
Desejamos que a sua viagem pelos dias do próximo ano, seja de
PRIMEIRA CLASSE
Fonte: Google
Agradecemos a amizade e o carinho e será um prazer e uma grande alegria encontrar todos novamente por aqui em 2014
Lambeijos e Ronrons do amiguinhos
Pepi, Xixo, Juja, Jujuba e vóvis Verena
FELIZ ANO NOVO!!!

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Bichinhos - Doce Natal

Amiguinhos Amados
O Natal na casa da nossa vóvis foi doce e muito feliz
Recebemos um presentinho especial diretamente de São Paulo
Sim, Tia Anne presenteou a vóvis, e Momo, meu "namogato" lindo, nos enviou presentinhos também
Vejam só que mimos fofos
Obrigada de coração,Tia Anne e Momo
Mais uma vez, desejamos a todos um Feliz Natal
Breve estaremos de volta, viu?
Doces ronrons e beijinhos de
Juja, Jujuba e vóvis Verena

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Bichinhos - FELIZ NATAL!!!!

Parece que o tempo roubou de nós o verdadeiro significado desse dia, desta palavra mas temos certeza, que no fundo no fundo, ainda brilha em nós a centelha do amor, da esperança e da fé. São esses sentimentos que queremos dividir com todos .Vocês são pessoas muito especiais para nós porque nos fizeram compreender o verdadeiro significado da palavra Amizade. Esta palavra sagrada é como o Natal, que Deus lhes abençoe cada vez mais, que possamos compreender que dentro de nós, brilha e está vivo o espírito de natal. Que neste Natal vocês se encham de alegria, de harmonia e paz. Feliz Natal, é o que desejamos para todos
Carinhosamente
Pepi, Xixo, Juja e vóvis Verena

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Bichinhos - O Sonho de Papai Noel

O Papai Noel estava tendo um lindo sonho, do qual não queria acordar. Era véspera de Natal e todos estavam felizes! Ninguém estava sozinho! Todos tinham família, e uma casa onde morar, com a mesa pronta para a ceia de natal e com comida para todos. Não havia pobreza, nem ódio, nem guerras. Todos eram amigos, não havia brigas, palavrões nem má educação, e o Papai Noel via como todos eram carinhosos uns com os outros. As pessoas que se encontravam nas ruas, a caminho de casa, cantarolavam alegremente músicas de natal, levando os últimos presentes  para colocar debaixo do pinheiro. Nem cão nem gato estavam sozinhos nesta noite fria. Todos tinham um lugar aconchegado onde ficar. E o Papai Noel não conseguia deixar de sorrir, de tanta felicidade ao ver o mundo cheio de paz, amor e harmonia! Mas o Papai Noel acordou e viu que tudo não passara de um sonho maravilhoso, e ficou triste. Só algumas pessoas no mundo eram felizes, capazes de celebrar o natal em alegria, paz e comunhão com os seus, de terem um lar, comida, roupa e amor. Então o Papai Noel pensou: Terei de continuar a ajudar crianças e adultos a ter um Natal Feliz! Vou preparar as renas e o meu trenó, para enchê-lo com presentes e distribui-los esta noite, de modo  que, pelo menos uma vez por ano, haja alegria no coração de todos nós!. E assim o Papai Noel continua, ano após ano, a cumprir a sua tarefa, até que um dia possa ver o seu lindo sonho concretizado
Fonte: Google

PS: Amiguinhos amados
A nossa vóvis está bastante ocupadinha 
Sendo assim, não estamos conseguindo visitá-los
Pedimos desculpas
Muitos lambeijinhos, ronrons  e beijinhos natalinos dos amiguinhos que muito vos amam
Pepi, Xixo, Juja, Jujuba e vóvis Verena

sábado, 7 de dezembro de 2013

Bichinhos - Estamos atarefados com o Natal, esquecemos como ser gatos...


Tinha quase certeza que era assim que se usava a língua

Esse gato que tenta ser um cachorro sacudindo a cabeça desse jeito

O gato que engata a ré como um automóvel

Esse gato que… HAHAUHAUHUAHUA

Esse que pensa que é um guitarrista

Esse gato que não consegue ficar dentro da caixa

Ah, meu Deus! Esse gato que quase se afoga enquanto tenta tomar o leite

 Esse gato tá quebrado

Este cansou de ser gato

Desejamos a todos um abençoado domingo e uma colorida  nova Semana

Estamos participando da Semana colorida da querida Tia Anne


 

 


 

 

 

 


 



quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Bichinhos - Juja Noel




Amiguinhos queridos,
Coitadinha da nossa vóvis, viu?
Ela anda tão ocupadinha que Jujuba e Eu montamos a Árvore de Natal para ela
Vóvis ficou sentadinha, enquanto nós metemos as "patinhas á obra"
Ela ficou tão grata, que prontamente  ganhamos ração molhadinha
Estou esperando a Jujuba acabar...
Já estou lambendo os beiços...miauuuuuu
Vocês gostaram da nossa árvore?
Fiquei bonitinha de Juja Noel?
Agora vamos tirar uma gostosa soneca
Lambeijinhos e Ronroons natalinos das gatinhas que muito vos amam
Juja e Jujuba


terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Bichinhos - A última árvore da festa

Eu vi um caminhão cheio de árvores de Natal
E cada uma tinha uma história para contar,
O motorista colocou-as numa fileira
Esperando que as pessoas as viessem comprar.
Ele pendurou umas luzinhas brilhantes
E uma placa em que se podia ler
"ÁRVORES DE NATAL"
e em vermelho escrevia
"ÁRVORES DE NATAL PARA VENDER" Ele serviu-se de chocolate quente
Numa garrafa térmica fumegante,
E assim começou a nevar
Enquanto uma família estacionava esfuziante,
Uma mãe, um pai, e um menino
Pararam o carro, rapidinho
Vieram, caminhando, e começaram a procurar
A perfeita árvore para se decorar.
O garotinho ia à frente,
com seu olhar reluzente, a exclamar:
"Elas têm cheiro de Natal, mamãe
Sinto o cheiro de Natal em todo lugar."
"Vamos comprar uma árvore de quilômetros de altura!
A maior que pudermos encontrar!
Uma árvore que encoste no teto!
Uma que nem se possa carregar!"
"Uma árvore tão grande
Que até mesmo o Papai Noel quando olhar,
Vai se admirar:
“Esta é a árvore mais bela
Que já vi neste Natal!”.
Para achar o pinheirinho perfeito
Procuraram com muita prontidão
Aqui e ali, e até mais de uma vez,
O papai examinou e balançou mais de seis!
"Mamãe, mamãe encontrei, encontrei!
O pinheirinho que mais gostei!
Tem um galhinho quebrado
Mas que pode ficar disfarçado."
"Do anjinho da vovó tiraremos o pó
E lá no alto esperando
Ficará nos guardando.
Podemos comprá-la? Por favor, por favor!
Pediu com fervor."
"Que tal tomarmos chocolate quente?"
Perguntou o vendedor indulgente.
Enquanto abria a garrafa para aquela gente.
"Isto sim vai aquecer o ambiente!"
Em três pequenos copos de papel
Ele serviu o chocolate espumante,
Enquanto brindavam, esperançosos,
Por mais um Natal esfuziante.
"Você escolheu certinho", disse ele,
"Este é realmente o melhor dos pinheirinhos".
Mas o garotinho estava agoniado,
Pois o preço, para o pai, era muito elevado “Feliz Natal", disse o homem,
Amarrando o pinheirinho com um cordão.
"A árvore é sua com uma condição:
Manter uma promessa de Natal."
"Na noite de Natal,
Quando for deitar e rezar,
Prometa no seu coraçãozinho guardar
O encanto do Dia de Natal!"
"Agora corra para casa!
Pois este vento gelado
Suas bochechas têm queimado.
E peça ao papai para com todo cuidado
Enfeitá-la com os ornamentos comprados.
E que, no fim da empreitada,
Mate-lhe a sede, coitada!"
E assim foi com o vento zunindo
Durante a noite gelada
Tendo o homem dado árvore,
Após árvore,
Após árvore...
Para cada pessoa que apareceu,
Brindou com o chocolate espumante
Nos pequenos copos, tão quentes,
Para manter aconchegante o ambiente.
Quem jurou manter a promessa
De guardar no coração o encanto do Natal,
Saiu na noite contente
Cantando canções alegremente.
E quando tudo acabou
Só uma árvore restou:
Mas ninguém estava lá
Para esta árvore adotar.
O homem que vendia árvores, então,
Vestiu seu grosso casacão
E partiu para a floresta
Com a última árvore da festa.
Ele deixou o pinheirinho
Perto de um pequeno riachinho.
Para que as criaturas, sem pousada,
Pudessem fazer dela sua morada.
Ele sorria enquanto tirava os flocos de neve
Que na sua barba encontrava.
Foi aí que de trás de um arbusto
Uma rena quase lhe pregou um susto.
Olhou para ela e sorriu.
Fazendo um carinho na grande criatura,
Pensou com brandura:
"Parece que o Natal chegou novamente!."
"Ainda temos muito chão,
E muitas coisas por fazer!
Vamos para casa, amigo, trabalhar
Neste Natal que vai começar.
Ele olhou para o céu,
Ouviu os sinos a tocar,
E, num pestanejar...
O vendedor desapareceu!

Desconheço o autor

domingo, 1 de dezembro de 2013

Bichinhos - Hoje é dia de montar a Árvore de Natal

Amiguinhos amados
Hoje é o primeiro dia do Advento
Dia de montar a Árvore de Natal
Então viemos mostrar para vocês que nós, "Bichinhos," sabemos enfeitar a árvore com perfeição
Vejam o vídeo, vocês vão gostar
Trouxemos  também algumas sugestões de presentes de Natal e
Gostaríamos de desejar a vocês um lindo domingo e uma semana coloridinha  repleta de paz 

SUGESTÕES PARA PRESENTES DE NATAL


Para seu inimigo: Perdão
Para um oponente:Tolerância
Para os amigos: O seu coração
Para tudo: Caridade
Para toda criança: Um bom exemplo
Para você: Respeito
(Oren Arnold)
Estamos participando da Semana colorida da querida Tia Anne

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Bichinhos - Para pensar hoje

Certo homem, chamado Mogo,
costumava olhar o Natal como uma
festa sem o menor sentido.


Segundo ele, a noite de 24 de dezembro
era a mais triste do ano, porque muitas pessoas
se davam conta de quão solitárias eram,
ou sentiam muito a ausencia da pessoa querida
que não esteve presente durante o ano.


Mogo era um homem bom.

Tinha uma família, procurava ajudar o próximo,
e era honesto nos negócios.

Entretanto, não podia admitir que as pessoas
fossem ingênuas a ponto de acreditar que um Deus
havia descido à Terra só para consolar os homens.

Sendo uma pessoa de princípios,
não tinha medo de dizer a todos que o Natal,
além de ser mais triste que alegre,
também estava baseado numa história irreal
- um Deus se transformando em homem.

Como sempre, na véspera da celebração
do nascimento de Cristo, sua esposa e seus filhos
se prepararam para ir à igreja.

E, como de costume,
Mogo resolveu deixá-los ir sozinhos, dizendo:
_ Seria hipócrita da minha parte acompanhá-los.
Estarei aqui esperando a volta de vocês.

Quando a família saiu,
Mogo sentou-se em sua cadeira preferida,
acendeu a lareira, e começou a ler os jornais daquele dia.
Entretanto, logo foi distraído por um barulho na sua janela,
seguido de outro... e mais outro.


Achando que era alguém jogando bolas de neve,
Mogo pegou o casaco para sair,
na esperança de dar um susto no intruso.

Assim que abriu a porta,
notou um bando de pássaros que haviam perdido seu rumo
por causa de uma tempestade, e agora tremiam na neve.

Como tinham notado a casa aquecida,
tentaram entrar, mas, ao se chocarem contra o vidro,
machucaram suas asas, e só poderiam voar de novo quando
elas estivessem curadas.
"Não posso deixar essas criaturas aqui fora", pensou Mogo.

"Como ajuda-las?"

Mogo foi até a porta de sua garagem,
abriu-a e acendeu a luz.
Os pássaros, porém, não se moveram.
"Elas estão com medo", pensou Mogo.


Então, entrou na casa, pegou alguns miolos de pão,
e fez uma trilha até a garagem aquecida.

Mas a estratégia não deu resultado.

Mogo abriu os braços,
tentou conduzi-los com gritos carinhosos,
empurrou delicadamente um e outro, mas os pássaros
ficaram mais nervosos ainda - começaram a se debater,
andando sem direção pela neve e gastando inutilmente
o pouco de força que ainda possuíam.

Mogo já não sabia o que fazer.

_ Vocês devem estar me achando uma criatura aterradora
- disse, em voz alta.
_ Será que não entendem que podem confiar em mim?

Desesperado gritou:

_ Se eu tivesse, neste momento,
uma chance de me transformar em pássaro só por alguns
minutos, vocês veriam que eu estou realmente
querendo salvá-los!

Neste momento, o sino da igreja tocou, anunciando a meia-noite.

Um dos pássaros transformou-se em anjo, e perguntou a Mogo:

_ Agora você entende,
por que Deus precisava transformar-se em ser humano?

Com os olhos cheios de lágrimas,
ajoelhando-se na neve, Mogo respondeu:

_ Perdoai-me anjo.

Agora eu entendo que só podemos confiar
naqueles que se parecem conosco e passam pelas mesmas
coisas pelas quais nós passamos.

" Hoje, Mogo entende o verdadeiro significado do Natal, e,
acredita no Deus que, enviou seu filho JESUS, para acreditarmos
e confiarmos no Pai Criador."

Desconheço o autor

Amiguinhos amados
A nossa vóvis está bastante atarefada estes dias
Prometemos voltar logo que for possível e colocar as nossas visitinhas em dia
Desejamos a todos um abençoado final de semaninha
Mil lambeijinhos e doces ronrons de
Pepi, Xixo, Juja e Jujuba

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Bichinhos - 13 motivos para amar os gatos

Eles fogem com estilo
São muito mais espertos do que parecem
São vingativos
Têm reflexos ninja
Quando intimidados, fazem coisas estranhas
Têm técnicas de luta cada vez mais bem desenvolvidas
Sabem se camuflar
São bons em trabalho de equipe
Sabem exigir carinho
São invencíveis, basicamente
São assassinos treinados
Riem na cara do perigo
A Gravidade não os impede de nada

Bom, se você chegou até aqui, já os ama. Não tem discussão
Fonte: Mega Curioso

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Bichinhos - Mãe trata filha e gato como irmãos


Identificada em seu perfil no Instagram como "Makicocomo", uma mãe faz o maior sucesso na web com fotos de sua filha e seu gatinho de estimação, o Toco.
A mulher, que vive no Japão, fotografa a menina brincando com o felino desde os primeiros meses de vida da criança. "Eles cresceram juntos", diz a japonesa sobre a dupla.
Fonte: Notícias/Planeta Bicho

domingo, 24 de novembro de 2013

Bichinhos - Verdinho


Em cinco segundos, cerca de um quarto do Elevado da Perimetral, na Zona Portuária do Rio de Janeiro, foi implodido e veio abaixo na manhã deste domingo. Ao todo, 1.200 kg de dinamite implodiram pilastras que sustentavam o trecho de pouco mais de um quilômetro do elevado.
E lá estava a assessora de imprensa, "Tia" Karol, toda de verdinho, cumprindo seu papel
A demolição faz parte do projeto de revitalização da degradada Zona Portuária. Até 2015, um túnel vai substituir a Perimetral. A Rodrigues Alves será uma via expressa, sem sinais ou pontos de ônibus


Desejamos que a Semana seja bem verdinha repleta de coisas boas!!!

Estamos participando da Semana colorida da Tia Anne