Amiguinhos Amados

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Bichinhos - O Cão-Guia.

Pular, sentar, fingir de morto, dar a pata é tudo que costumam pedir para um cão, mas, acreditem, eles podem fazer muito mais!!! Dar a pata, pode significar muito mais do que um simples gesto, já que alguns cães estendem suas patas para quem, realmente, precisa deles.

Existem cães trabalhadores, até cães que guiam pessoas cegas! Incrível, não? São cães meigos, carinhosos que, desde que nasceram, já estavam prontos para dar amor a quem viesse a viver com eles. Porém, além do amor, eles querem e podem dar muito mais.

O cão-guia oferece ao seu parceiro segurança na locomoção, equilíbrio físico e emocional, facilitam sua socialização, e até sua auto estima melhora, sem contar com o fato de ser um amigo sempre presente para garantir sua independência e aquecer seu coração.

Há alguém precisando de um cão-guia e nós precisamos de você para ajudar a treinar cães para entrar no mercado de trabalho.
A formação de um Cão-Guia tem início com um rigoroso processo de seleção genética e comportamental. Depois de selecionado, próximo aos três meses, o cão inicia a fase de socialização, que se estende até, aproximadamente, o animal completar um ano de idade. Esta fase pode ser conduzida pelo treinador ou por uma família voluntária, que cuida do animal no seu primeiro ano de vida. Durante este processo o cão aprende a conviver em ambiente social, urinar e defecar apenas em locais apropriados e alguns comandos básicos para o convívio.

Terminada a primeira fase, inicia-se o treinamento específico, com duração aproximada de sete meses, podendo se estender caso necessário. Nos primeiros seis meses, o cão aprende a desviar de obstáculos, perceber o movimento do trânsito, identificar objetos, encontrar a entrada e saída de diferentes locais, entre diversas outras atividades. No último mês é realizado o treinamento para transformar a dupla composta pelo cão-guia e seu usuário em um time que interagirá com a mais perfeita harmonia.

O tempo total de treinamento é de aproximadamente 16 meses, podendo se estender até 21 meses. Depois de treinados, os cães-guias identificam o movimento do trânsito, desviam de buracos, encontram as entradas e saídas de diferentes locais, localizam banheiros, escadas, elevadores, escadas rolantes, cadeiras, desviam de obstáculos altos, evitando que pessoas com deficiência visual batam com a cabeça, entre outros feitos incríveis.
Fonte: Google.


7 comentários:

  1. Tão lindo ver esses bichinhos que além de alegrar, trabalha, ajudam outras vidas a caminhar, enxergar ,caminhar... Maravilhoso esse trabalho! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Lindo vídeo, bela atitude e que bom que assim fez! bjs,chica

    ResponderExcluir
  3. O cão é um animal bem diferenciado dos demais e assim que conseguiram numa raça mais especifica forma guias para cegos. Os cães labradores, que prestam grande serviços aos deficientes físicos.
    Bela partilha e informações importantes sobre os cães.
    Abraços Verena.

    ResponderExcluir
  4. Amei a partilha e os conhecimentos que adquiri ao lê-la. Muitas informações relevantes sobre os cães guias.
    Beijos e um fim de semana bem feliz!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Verena, querida!

    Um texto muito bem escrito e muito esclarecedor. Eu sabia da importância e inteligência do cão, em geral, mas desconhecia tanta ajuda que ele pode dar a quem precisar dele.

    A descrição do treinamento do cão-guia, a achei tão completa e cuidadosa. Precisamos de gente, que saiba treinar nossos amados bichinhos para que ajudem a sociedade, em mtos aspetos.

    Estive escutando o vídeo, mas não entendi tudo o k nele foi falado, pke o Português do Brasil é um pouquinho diferente do nosso, mas deu pra entender o sentido geral do mesmo.

    Beijo e bom feriadão.

    ResponderExcluir
  6. Eh surpreendente a capacidade dos cães-guia. Esses animais maravilhosos permitem autonomia aos deficientes visuais e não só. Muitos ajudam até nas tarefas simples da casa.
    Mto importante este texto, Verena, e mais ainda a ação desses queridos animais.
    Bjooooo,
    Calu

    ResponderExcluir
  7. Diria que eles são bênçãos, são vida para aqueles que deles necessitam! Amei, Verena! Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Volte Sempre
Lambeijos e Ronrons
Pepi,Xixo,Juja e Jujuba