Amiguinhos Amados

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Bichinhos - Prece do Cão



Trata-me com carinho, querido amigo, por que não há nada no mundo mais agradecido do que o meu coração.
Não machuque meu espírito com a vara, porque embora eu esteja lambendo as suas mãos entre uma pancada e outra, a sua paciência e compreensão vão me ensinar mais rápido aquilo que você quer que eu aprenda.
Nem sempre eu estou certo, mas estou sempre querendo perdoar e ser perdoado.
Fale sempre comigo, pois a sua voz é a coisa mais doce,como você já deve ter percebido pelo abanar fogoso da minha cauda, quando ouço os seus passos.
Por favor leve-me para dentro quando estiver frio e chovendo pois sou animal doméstico, não mais acostumado ao frio e à chuva.
Peço-lhe nada mais do que o privilégio de sentar-me aos seus pés, ao lado do coração.
Mantenha meu pote cheio de água fresca pois não posso falar quando tenho sede.
Dê-me comida fresca para que eu fique bem e possa brincar e atender aos seus comandos, para andar ao seu lado e estar apto a lhe proteger com a minha vida, caso você esteja correndo perigo.
Não posso falar quando preciso de cuidados médicos ou quando devo tomar injeções. Olhe para mim e observe se estou diferente, fugindo da comida e leve-me ao amigo veterinário, para uma consulta periódica.
E, meu amigo quando eu estiver velho e não mais gozando de boa saúde, ouvindo e vendo mal, não faça nenhum esforço heróico para me manter vivo.
Tudo que lhe peço é que fique comigo até o fim, segure-me firme e fale comigo até que meus ouvidos não mais ouçam e meus olhos não mais vejam.
Autor Walter José de Faé

5 comentários:

  1. Que bonito conto! :)

    Um abraço prometido, ao luar...

    Beijo e um excelente fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Carta extremamente tocante, pontuada de imagens tão verdadeiras quanto altamente sensíveis ao coração-amigo dos animais. Lindo demais!
    Bjka, amiga Verena.
    Calu

    ResponderExcluir
  3. Nossa, tudo tão verdadeiro, Verena! E o fim da cartinha é tão triste... lembro dos meus 3 bichinho, fiquei com eles até o último suspiro, lhes fazendo carinho e chorando...Hoje estão comigo, no bauzinho dentro de uma cristaleira pequenina, cada um dentro de sua caixinha da cremação, com vasinhos de flore.
    Beijo, amiga!

    ResponderExcluir
  4. Que beleza Verena.
    Que todos possam ouvir seus animais e que o carinho seja forte e sincero em redobrados cuidados.
    Muito bonito.
    Beijo amiga.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, querida amiga Verena!
    Tão bonito, amiga!
    Rezar pelos animais é nosso compromisso sobretudo pelos abandonados.
    Tenho visto muitos por ai.
    Tenha dias felizes e abençoados!
    Bjm fraternos de paz e bem

    ResponderExcluir

Volte Sempre
Lambeijos e Ronrons
Pepi,Xixo,Juja e Jujuba